Como a crescente demanda por pneus sustentáveis afeta a importação de pneus no Brasil?

A indústria pneumática tem crescido consideravelmente nas últimas décadas. Não é à toa que a produção de pneus sustentáveis também tenha ganhado destaque, ainda mais com a busca pelo equilíbrio ecológico.
Nas últimas décadas, o desenvolvimento de pneus reformados ganhou notoriedade e teve repercussões também no mercado de importação de pneus usados no Brasil. Por isso, essa é uma questão central para também entender a demanda por pneus sustentáveis.
Em seguida, entenda o que se fala sobre pneus sustentáveis e sua importação no Brasil!

O que são pneus sustentáveis?

Antes de entendermos o impacto da importação de pneus sustentáveis no Brasil, é preciso saber a sua diferença para o pneu tradicional.
Um pneu tradicional é feito majoritariamente de borracha natural e sintética, com uso de aço, enxofre e outros componentes químicos. Por outro lado, os pneus sustentáveis são produzidos a partir de materiais com base biológica ou renovável.
São modelos projetados para oferecer uma redução significativa na emissão de carbono e que necessitam de menos combustível. Entre os novos elementos, a presença do óleo de soja e da sílica ganha maior destaque.
Dessa forma, o uso do pneu sustentável é bom por contribuir para a reutilização e descarte correto de seus componentes na natureza.

Dark storage full or big variety of new tyres at busy warehouse.

Por que a demanda por pneus sustentáveis cresceu?

De fato, o uso de pneus sustentáveis é altamente benéfico para os seres humanos e o ecossistema como um todo.
A junção das demandas ecológicas com as vantagens de uso a longo prazo tornou este produto muito necessário. Nos últimos anos, mais empresas e fabricantes de pneus desenvolveram novas tecnologias derivadas de materiais sustentáveis.
Por isso, tanto dentro e fora do Brasil muitas empresas passaram a ver neste produto diversas possibilidades de uso sustentável e comercial.

Entenda os impactos da crescente demanda de pneus sustentáveis na importação

Ao entender as vantagens dos pneus sustentáveis para o meio ambiente e para a performance do veículo, fica mais simples perceber seus impactos na importação.
Nos últimos anos, algumas medidas legais também tiveram peso no uso de pneus reformados e seus impactos no dia a dia dos brasileiros.

STF proíbe a importação de pneus usados no Brasil

Em 24 de junho de 2009, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu proibir a importação de pneus usados no Brasil.
A decisão do STF visava reduzir o impacto ambiental dos pneus usados. Estima-se que um pneu leva cerca de 600 anos para se degradar por completo, o que traz inúmeros riscos e prejuízos.
Pode-se relacionar a importância dessa medida para o meio ambiente junto com a Resolução CONAMA n° 416, de 30 de setembro de 2009. O Conselho Nacional do Meio Ambiente estabeleceu que as fabricantes e importadoras de pneus deveriam se responsabilizar pelo descarte correto dos elementos que compõem o pneu.
Ou seja, as empresas devem se responsabilizar pela prática da logística reversa. Essa ação é mais uma das possibilidades de reutilização dos pneus, com o intuito de conduzir os resíduos para a confecção de um novo produto.
Dessa forma, o intuito do STF era reduzir a importação de pneus usados para evitar seu descarte indevido em solo brasileiro.

Empresas que reformam pneus

Se por um lado o STF julgou viável proibir a importação de pneus usados em prol do ecossistema brasileiro, as empresas especializadas em reforma de pneus discordam da medida.
Com a impossibilidade de importar pneus usados para reformas, as empresas alegam que somente a produção nacional não será suficiente. Ou ainda, que não tivesse a qualidade necessária para ser reformado.
Por isso, uma parcela das empresas reformadoras defende que também é necessário importar pneus usados de qualidade no exterior para suprir a demanda nacional.
Do outro lado, vê-se que é possível utilizar a produção nacional de pneus se o uso for respeitado seguindo a regulamentação oficial do Inmetro.

Ação que reduziu, por um período, os impostos

Já em janeiro de 2021, houve a redução de 16% para zero no imposto de importação sobre pneus de veículos de carga.
Essa medida não está mais em vigor, mas à época, teve sua importância e colaborou para a crescente demanda por pneus sustentáveis.
Com essa ação do governo, o imposto sofreu uma redução. Mas na prática, os caminhoneiros acabaram arcando com mais custos.
Isso porque, os custos de importação e produção com esses pneus são maiores. Além disso, um pneu importado em comparação ao de produção nacional, pode nem ser reformado dependendo das suas condições ou ser reformado uma única vez.
A título de curiosidade, um modelo de pneu nacional pode ser reformado duas vezes em um período de 300 mil quilômetros.

Pneus sustentáveis e a importação no Brasil

Por fim, a grande demanda por pneus sustentáveis continua trazendo opiniões divergentes acerca da importação de pneus no Brasil.
O certo é que a demanda nacional por pneus continua alta e requer práticas cada vez mais atualizadas de preservação do meio ambiente.
Assim, é necessário cada vez mais alinhar sustentabilidade e tecnologia para garantir que a produção e descarte de pneus seja segura.
Dessa maneira, o uso de pneus reformados se torna uma das possibilidades sustentáveis a longo prazo.

Conte com a AIN para internacionalizar o seu negócio

Somos uma empresa que procura entender o contexto dos nossos clientes para oferecer a melhor solução. Estamos preparados para dar suporte nos seus primeiros processos de exportação.

Conhecemos muitos mercados e as diversidades existentes entre os destinos e segmentos. Acesse o nosso site e conte com nossa equipe para internacionalizar sua empresa.

Compartilhe

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Twitter

Outros artigos

Quem trabalha no setor alimentício está sempre em busca de melhores condições de compra.Nesse sentido, o imposto zero para a importação de …

O país Hermano não só produz vinhos de qualidade inigualável. Importar queijo da Argentina é muito vantajoso para os brasileiros pela variedade …

Commercial Invoice e Proforma Invoice são dois documentos frequentemente utilizados nastransações internacionais de mercadorias. Mas você sabe exatamente para que eles servem?De …

Se você possui uma empresa de importação no Brasil, e ainda não ouviu falar da Canton Fair, esse é o momento de …