Documentos para Exportação: quais os necessários?

É preciso reconhecer que o processo de exportação no Brasil pode ser desafiador em razão da sua reputação de ser um país burocrático. Você deseja exportar sua mercadoria, mas não tem certeza de quais documentos para exportação são necessários para garantir que tudo ocorra sem problemas?

Com o devido conhecimento e preparação é possível superar esses desafios e garantir o sucesso da sua exportação.

Continue a leitura e saiba mais sobre esse assunto!

Por que optar pela exportação?

Quando uma empresa vende seus produtos somente dentro do país, ela está sujeita a riscos, um deles, por exemplo, o de depender dos humores da economia local. Por isso, é importante que ela venda seus produtos para outros mercados, outros países, por meio da exportação.

Fonte: https://www.freepik.com/free-photo/erial-photography-container-terminal_15762485.htm

Exportar não só ajuda a empresa a vender seus produtos para novos lugares, o que traz novas oportunidades de negócios, como também faz com que a empresa lucre mais – especialmente em moeda forte.

Além disso, ter contato com mercados e produtos concorrentes no exterior ajuda a empresa a ser mais competitiva, se adaptar e se adequar aos desejos dos compradores de outros países, colaborando para o crescimento e desenvolvimento da empresa ao acessar novas tecnologias e conhecimentos.

Quais os produtos mais vendidos na exportação?

Confira a seguir o ranking dos 10 produtos que mais exportamos em 2021.

Principais Produtos Exportados pelo Brasil em 2021Valor FOB US$
Minério de Ferro42,2 Bilhões
Soja 37,3 Bilhões
Óleos brutos de petróleo 27,4 Bilhões
Açúcares e melaços 8,5 Bilhões
Carne Bovina 7,4 Bilhões
Farelos de Soja 7,2 Bilhões
Óleos combustíveis de petróleo 6,6 Bilhões
Demais produtos – Indústria de Transformação 6,4 Bilhões
Carnes de aves6,3 Bilhões
10ºCelulose 6,1 Bilhões
Fonte: ComexStat — Dados do Ano de 2021. 

Como realizar uma exportação?

Com um planejamento adequado e acompanhamento de profissionais do ramo é possível executar todo o processo de exportação, sem percalços.

Assim, o primeiro passo é identificar o mercado de destino e entender as necessidades e desejos dos clientes. Além disso, é importante verificar se a empresa está cumprindo com todas as regulamentações e requisitos legais para exportar, tanto no país de origem quanto no país de destino.

Bem como é preciso estabelecer uma boa relação com fornecedores e transportadores confiáveis.

Isso porque uma vez que essas etapas são cumpridas, é hora de preparar a documentação necessária para a exportação.

Em resumo, inclui obter uma Licença de Exportação, emitir uma Fatura Comercial e preparar qualquer documento adicional necessário, como veremos mais adiante. Aliás, é preciso fazer uma inspeção pré-embarque para garantir que a mercadoria esteja em conformidade com as especificações acordadas.

Quais os documentos necessários para exportar?

A primeira coisa a saber é que os documentos para exportação necessários variam dependendo do tipo de mercadoria – a documentação exigida para exportação de alimentos é diferente da documentação exigida para a exportação de máquinas, por exemplo. Além do destino final da mercadoria, pois alguns países exigem documentos que outros não.

No entanto, existem alguns documentos que são comumente exigidos em todas as exportações. São eles:

Fatura Proforma

É um documento comercial utilizado para informar os detalhes de uma transação comercial antes da entrega da mercadoria.

Como resultado, ela fornece informações sobre o valor, quantidade e descrição do produto, condições de pagamento e entrega.

Em síntese, é geralmente utilizada em transações comerciais internacionais e como uma proposta para o comprador antes de uma venda efetiva.

Fatura Comercial

Igualmente conhecida como Invoice, é um documento fundamental para qualquer transação comercial, especialmente para uma exportação.

Esse documento fornece informações importantes sobre a mercadoria, tais como preço, quantidade, descrição e especificações.

Além disso, ele pode incluir informações sobre vendedor, comprador, transporte, pagamento e as condições comerciais.

Ela é não só emitida pelo vendedor e enviada ao comprador, como também é usada como base para o pagamento.

Packing List (Romaneio de Carga)

É o documento que descreve as mercadorias embarcadas e seus detalhes, incluindo a descrição dos produtos, quantidade, peso e outras informações relevantes.

Ele é, portanto, utilizado para facilitar a identificação e localização de produtos e a conferência da mercadoria por parte da fiscalização, tanto no embarque como no desembarque.

Por fim, esse documento não contém dados financeiros.

Fonte: https://www.freepik.com/free-photo/woman-worker-taking-notes-warehouse_19185003.htm

Outra coisa a considerar é que alguns países exigem que os documentos sejam apostilados ou legalizados pelas autoridades consulares brasileiras (Ministério das Relações Exteriores), com efeito de atestar a autenticidade deles.

Falamos até agora das exportações “regulares”, digamos assim. Mas existem outros documentos para exportação que podem ser necessários para casos específicos.

Por exemplo, se você estiver exportando bens usados, pode ser necessário um Certificado de Inspeção de Exportação, que é um documento emitido por uma organização de inspeção independente que atesta que os bens usados exportados atendem aos requisitos de qualidade, segurança e regulamentos do país de destino. Ele é emitido após uma inspeção detalhada dos bens, na qual são verificadas as suas condições e funcionalidades.

Em outras palavras, os documentos necessários para exportação no Brasil variam dependendo do tipo de mercadoria e do destino do envio.

É importante verificar com as autoridades aduaneiras locais e do país de destino antes de iniciar o processo de exportação para garantir que todos os documentos necessários sejam obtidos.

Lembre-se de que alguns países podem exigir outros documentos, como licenças ou certificados específicos, e que os documentos podem precisar ser traduzidos ou apostilados para serem aceitos. Essas são, sem dúvida, informações importantes para garantir o sucesso da sua exportação.

Assim sendo, é recomendável contar com a ajuda de empresas especializadas, como a AIN Global, uma Trading Company.

A AIN garante o sucesso da sua exportação

A AIN Global atua com serviços de Importação e, além dos benefícios de Conta e Ordem e Encomenda, faz exportação e auxilia na internacionalização de empresas, bem como organiza missões empresariais no exterior.

Ela oferece soluções para reduzir custos com tributos, conta e ordem, desenvolvimento de fornecedores, análise dos custos de importação, amostras, RADAR (habilitação para importar), Auditoria de fábrica, Inspeção Pré-embarque, Câmbio, Transporte Nacional e Internacional, Seguro Internacional, Desembaraço Aduaneiro, Armazenagem e distribuição, Ex-Tarifário, Inteligência de mercado, entre outras.

Consulte a AIN Global e saiba como internacionalizar sua empresa. A AIN garante o sucesso da sua exportação.

Compartilhe

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Twitter

Outros artigos

O país Hermano não só produz vinhos de qualidade inigualável. Importar queijo da Argentina é muito vantajoso para os brasileiros pela variedade …

Commercial Invoice e Proforma Invoice são dois documentos frequentemente utilizados nastransações internacionais de mercadorias. Mas você sabe exatamente para que eles servem?De …

Se você possui uma empresa de importação no Brasil, e ainda não ouviu falar da Canton Fair, esse é o momento de …

Muita gente pode não entender as consequências da Golden Week no comércio exterior. Acontecendo em um dos maiores mercados do mundo, a …