Trading Company: posso importar ou exportar qualquer produto através dela?

Importar e exportar produtos certamente vem se tornando cada vez mais atrativo para os empresários brasileiros.

Embora sejam atividades desafiadoras, lidar com o comércio exterior pode trazer muitos benefícios para as empresas.

Fonte: https://br.freepik.com/fotos-gratis/vista-aerea-do-navio-de-carga-do-conteiner-no-mar_13180326.htm#query=exporta%C3%A7%C3%A3o&from_query=exportar&position=43&from_view=search&track=sph

No entanto, para que a empresa possa usufruir dos benefícios de estar operando no mercado internacional é preciso conhecimento específico em relação aos trâmites operacionais.

Se a sua equipe não tem a expertise para importar e exportar, você pode contar com os serviços de uma Trading Company.

Quer saber mais? Não deixe de ler este artigo.

Por que devo investir na expansão internacional do meu negócio?

Expandir os negócios para o mercado internacional acaba sendo mais do que uma necessidade. É uma consequência natural da globalização, afinal a tecnologia diminuiu a distância entre as pessoas e as nações.

Dentre as muitas vantagens para o exportador, podemos citar a redução de custos em escala e a consolidação da marca mundo afora.

Já do ponto de vista do importador o acesso a produtos inovadores, o baixo custo de aquisição de matéria-prima e a variedade de fornecedores são três benefícios indiscutíveis.

Como uma Trading pode me ajudar a importar e exportar?

Lidar com o comércio exterior pode ser muito lucrativo e uma ótima solução para sua empresa se diferenciar no mercado.

Fonte: https://br.freepik.com/fotos-gratis/dados-financeiros-do-grafico-do-mercado-de-acoes-em-uma-placa-eletronica-na-tela-de-um-laptop_19576527.htm#query=Trading%20company&position=27&from_view=search&track=ais

Mas é preciso saber importar e exportar. Caso o contrário, o que poderia ser um ótimo plano, pode se tornar um grande pesadelo.

Por isso, utilizar uma Trading Company pode ser um meio de evitar problemas e contratempos. Especialmente os que exigem conhecimentos operacionais mais aprofundados.

Isso porque as Tradings são empresas especializadas em importar e exportar produtos, conhecem as particularidades das operações de comércio exterior e trabalham para evitar erros operacionais que podem gerar custos extras para a operação.

Além disso, em algumas situações, as operações internacionais via Trading viabilizam a obtenção de benefícios fiscais de forma a reduzir muitos custos envolvidos.

Importação via Trading

Um dos primeiros receios ao se falar de importação via Trading é saber, afinal, como ela funciona.

Em suma, existem duas formas permitidas pela Receita Federal para que esse tipo de intermediação ocorra. São elas a Importação por Conta e Ordem ou por Encomenda. Para entender a diferença entre uma modalidade e outra, acompanhe a explicação a seguir:

Importação por Conta e Ordem

Nesse tipo de operação a Trading Company é uma prestadora de serviço que efetua a importação para seu cliente e em nome dele. Ela realiza a mediação das negociações e operacionaliza os trâmites burocráticos referentes à nacionalização da mercadoria. O cliente, por sua vez, deve honrar com todas as despesas relacionadas à operação.

Não há uma efetiva transferência de posse da mercadoria entre Trading Company e a empresa que o contratou.

Importação por Encomenda

Nesse caso a Trading Company efetua a importação em seu nome e, uma vez nacionalizada a carga, a Trading emite uma nota fiscal de venda, transferindo dessa forma a posse da mercadoria ao cliente.

Exportação via Trading

Assim como para importar, exportar produtos via Trading Company também pode ocorrer de duas formas.

Em uma delas a Trading Company atua como prestadora de serviço para o fabricante da mercadoria. Já na outra modalidade o produtor da mercadoria realiza a exportação de forma indireta, comercializando o produto para a Trading que o adquire para então remetê-lo ao exterior.

Ao comprar um produto para fins de exportação, a Trading assume o compromisso de exportar as mercadorias em 180 dias, que é o prazo previsto na legislação. Tal venda é registrada com uma nota fiscal de saída interna, do tipo “remessa com fim específico de exportação”.

Em boa parte dos casos, tanto o produtor quanto a Trading Company aparecem listados na documentação de exportação.

Existem restrições para importar ou exportar via Trading?

A resposta a essa pergunta é sim. Como qualquer operação na qual ocorra o ato de importar e exportar existem restrições que dependem do tipo de produto a ser negociado.

Fonte: https://br.freepik.com/fotos-gratis/terminal-de-contentores-cais-transporte_1116319.htm#query=importar&position=10&from_view=search&track=sph

Produtos que a legislação vigente proíba que sejam importados ou exportados não podem ser objeto de uma operação, seja ela de forma direta ou através de uma Trading Company.

Além disso, da mesma forma que ocorre nos processos diretos, caso o produto negociado necessite de alguma autorização ou licença especial, a Trading Company deverá obter este tipo de documentação conforme exige a legislação.

Alguns cuidados para levar em conta ao importar e exportar via Trading

Em primeiro lugar, salientamos que independentemente da modalidade da operação, para importar e exportar é exigido que a empesa esteja habilitada, ou seja, possua registro ativo no sistema RADAR da Receita Federal (Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros). Afinal, tanto a Trading Company quanto o cliente, nesse caso também chamado de adquirente, são identificados na documentação. Portanto, esse registro é obrigatório para ambas as empresas.

Essa obrigatoriedade é uma das formas da Receita Federal garantir que as operações sejam realizadas corretamente, garantindo que os dados do real comprador e ou vendedor não sejam ocultados na documentação.

Se você quer saber mais sobre esse tema clique aqui e confira o artigo que já publicamos sobre o assunto.

Outro cuidado extremamente importante é a atenção ao fluxo de caixa para realizar o pagamento da mercadoria, bem como os custos operacionais, que podem ser muitos. Em outras palavras, sem o devido planejamento financeiro, a operação pode render multas severas a ponto de comprometer a sua margem de lucro.

Importação e Exportação é com a AIN

Se você tem a intenção de importar e exportar você pode contar com a ajuda da AIN Global Trading Company.

Somos uma empresa que atua com serviços de importação e exportação.

Atuamos também com os benefícios fiscais nos processos de Importação por Conta e Ordem e Encomenda.

Efetuamos exportação e auxílios na internacionalização de empresas, bem como realizamos missões empresariais no exterior para facilitar o contato entre importadores e exportadores brasileiros e seus clientes e fornecedores no exterior.

Visite nosso site, entre em contato com nossa equipe de especialistas e descubra como internacionalizar sua empresa pode ser lucrativo.

Compartilhe

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Twitter

Outros artigos

Quem trabalha no setor alimentício está sempre em busca de melhores condições de compra.Nesse sentido, o imposto zero para a importação de …

O país Hermano não só produz vinhos de qualidade inigualável. Importar queijo da Argentina é muito vantajoso para os brasileiros pela variedade …

Commercial Invoice e Proforma Invoice são dois documentos frequentemente utilizados nastransações internacionais de mercadorias. Mas você sabe exatamente para que eles servem?De …

Se você possui uma empresa de importação no Brasil, e ainda não ouviu falar da Canton Fair, esse é o momento de …